Metas corporativas: A estratégia é o segredo do sucesso das empresas

Peers Consulting

15

MAY
Depositphotos_173497454_m-2015

Por Denize Navarro, Gerente da Peers Consulting*

Definir a estratégia de uma empresa consiste em elaborar planos para garantir a geração de valor. As metodologias que auxiliam nesse processo, podem ser aplicadas a qualquer tipo ou tamanho de empresa. Se uma empresa quer ser produtiva e alcançar o sucesso no mercado, é necessário estabelecer claramente os objetivos que quer alcançar.

O Planejamento Estratégico é uma metodologia de gestão utilizada pelos executivos para estabelecer a direção a ser seguida pela organização visando um maior grau de interação com o ambiente – conhecimento do negócio, direção e análise do ambiente. A estruturação de um Plano Estratégico contempla a avaliação do negócio, definição de estratégias e objetivos e o desenvolvimento dos planos de ação para atingir os objetivos.

Metodologias que auxiliam nesse processo e podem ser aplicadas a qualquer tipo ou tamanho de empresa são: Planejamento Estratégico, BSC, Gestão pelas Diretrizes, OKR, entre outras. De certa maneira todas possuem o mesmo objetivo – garantir que as definições feitas no nível estratégico sejam desdobradas até o nível operacional de forma que todos saibam os resultados que a empresa quer atingir e como cada um contribui para o alcance do resultado.

Ou seja, a chance de uma empresa atingir seus resultados aumenta, no momento em que cada um sabe qual a sua meta e como ela contribui para o resultado da empresa.

São fatores críticos para o sucesso:

Iniciar o processo com a reflexão a respeito do desempenho global da organização frente aos resultados esperados para definir as prioridades do trabalho;

Fazer o desdobramento de metas até o nível operacional. É na operação que as ações são implantadas e é lá que se garante a qualidade do serviço e produto. Só é possível garantir a qualidade se houver indicadores com metas definidas

Utilizar de estruturas visuais (Gestão a Vista) para monitoramento e comunicação dos resultados;

Estruturar rotinas de acompanhamento de resultado. Elas devem existir no nível operacional, tático e estratégico. Do nível operacional ao estratégico (baixo p/cima) são reportados os resultados. Do nível estratégico para o operacional (cima p/ baixo) são dadas diretrizes para melhorar o desempenho dos resultados não alcançados.

Desdobramento de metas na prática

O Balanced Score Card (BSC) é um sistema de gestão estratégica desenvolvido para aproximar a estratégia do nível operacional. O objetivo é traduzir a missão e a visão da empresa em objetivos que possam ser mensuráveis por indicadores.

E para ser bem sucedido na Gestão da Estratégia utilizando o BSC é necessário conduzir o ciclo completo de trabalho: traduzir a visão estratégica em metas, comunicar, organizar recursos chave, acompanhar resultados.

A partir da estratégia e dos objetivos estratégicos das áreas são definidos entre 20 e 25 iniciativas, com metas e ações para atingir os resultados. As iniciativas definidas devem ser suficientes para responder à questão chave de cada um das dimensões – financeira, clientes, processos internos, aprendizado e crescimento.

Os mapas estratégicos são instrumentos do BSC para comunicar o caminho para atingir o objetivo e o ideal é que qualquer pessoa seja capaz de entender a estratégia por traz do objetivo apresentado.

Para ter resultados é necessário, relacionar as grandes metas estratégicas com a operação, avaliar o nível de correlação do alinhamento e definir responsáveis pelo alcance da meta.

O Desdobramento de Metas se inicia com a reflexão a respeito do desempenho global da organização frente aos resultados esperados para definir as prioridades do trabalho. Está organizado em: desdobrar metas, alinhar responsabilidades, definir projetos estruturais, ter sinergia com o programa de incentivos.

A metodologia OKR (Objectives and Key Results) tem por finalidade alinhar e engajar as pessoas em torno de metas mensuráveis – desenvolvida na Intel e amplamente utilizada em startups do Vale do Silício. O OKR é um processo simples, de cadência rápida que envolve a perspectiva e a criatividade de cada time.

Ou seja, investir tempo definindo metas contribui para melhoria e inovação do negócio.