Atitude: entenda seus pilares e como ela está ligada a qualidade do seu trabalho

Peers Consulting

20

DEC
Consulting10

Por Pedro Ribeiro, sócio fundador da Peers Consulting*

Quando uma pessoa está passando por alguma dificuldade na vida ou planeja alçar novos caminhos, ela geralmente procura profissionais que a transmitem confiança. Pode ser um psicólogo ou um especialista em comportamento, médico… não importa. O fato é que recorrerá a alguém que tem um conhecimento que ela não possui para ampliar seu campo de visão e tomar decisões mais assertivas e alinhadas com o que procura.

Quando a gente fala de empresa a lógica é a mesma, e a visão imparcial de um profissional externo é indiscutivelmente necessária quando a ideia é aperfeiçoar o que está sendo feito, ou remodelar o percurso de algo, ou até mesmo crescer e desbravar outros mercados. Pra tudo isso (e muito mais) é que existem os consultores.

Se você buscar no dicionário Aurélio, o significado da palavra consultor é “aquele a quem se consulta ou o que dá conselhos. Pessoa qualificada que, junto de uma empresa, dá pareceres e trata de assuntos técnicos da sua especialidade”. O mercado de consultoria é bem assim mesmo. A empresa contrata um consultor, coloca-o a par dos objetivos, ele estuda a organização, faz análises e pesquisas, participa das reuniões, conversa com gestores, recorre as suas ferramentas, apresenta as conclusões de todo esse processo e… finish. Muitas vezes o consultor só teve contato com o alto escalão e nem oferece suporte às ações propostas.

Reconhecendo a oportunidade latente de oferecer mais para cliente, a Peers iniciou suas operações em 2012 com a premissa de prestar serviços de qualidade, estando lado a lado com os desafios dos clientes, estabelecendo assim uma parceria distinta do que a maioria faz. Mais do que indicar o melhor caminho a seguir, a Peers tem tanta confiança em seus métodos que chancela as estratégias traçadas rodando com as próprias mãos as engrenagens do processo. Dessa forma, os clientes se sentem amparados durante todo o trabalho (muitas vezes até depois) e é aí que reside o maior diferencial de seus consultores.

1) Parceria no sentido literal

Quem já contratou ou ouviu experiências de quem contratou algum serviço de consultoria vai se identificar agora. Sabe aquela fase de negociação de serviços que antecede à assinatura do contrato? Então. Se todo o processo ocorrer dentro do previsto, ótimo! Mas sabemos que na maioria dos casos não funciona assim. Na medida em que as etapas vão avançando, desdobramentos inesperados não previstos em contrato inevitavelmente acontecem. E aí? Os trabalhos serão interrompidos até que a empresa resolva o imprevisto? Uma nova reunião será realizada para rever cláusulas contratuais? O valor terá que passar por correções?
Sabe essa sensação de desânimo que sentiu ao ler essas perguntas? Os nossos consultores também partilham desse sentimento quando se deparam com esse tipo de situação. Acreditamos que quanto mais pragmatismo e parceria houver entre o consultor e o cliente, mais o trabalho será beneficiado e melhores resultados serão obtidos. O nosso time sabe lidar com imprevistos e enxerga essas questões como oportunidades de superação e aprendizado.

2) 101% de foco e dedicação

Parceria estabelecida, o time de consultores começa os movimentos iniciais com foco total, pois a partir de agora o problema do cliente é problema da Peers. A coisa vai muito além de um discurso mercadológico de consultoria, é algo vivido a cada desafio, em conjunto, que desperta o engajamento, ensina, faz o trabalho valer a pena e dá propulsão para a empresa crescer. Cento e um por cento de foco e dedicação é ir além do excelente, é deixar para o cliente um legado de organização e valores. A maior prova que tudo isso está enraizado no cotidiano dos nossos consultores é o quanto são admirados e desejados pelos clientes. E a maior recompensa por todo esforço dedicado consiste na Peers sempre ser lembrada como uma consultoria de resultado.

3) Alta performance

Sabe qual é a vantagem de pautar os serviços de consultoria a nível máximo de performance? É que o campo de visão se expande, a ponto de não ser limitado, nem influenciado pelo o momento presente. As empresas, independente do porte e do segmento, enfrentam as mais diversas dificuldades do mundo atual. Isso muitas vezes enfraquece os planos a longo prazo e quando o cliente se dá conta sua rotina está baseada na teoria do caos. Vários problemas pipocam a todo momento, prejuízos passam a ficar constantes, os concorrentes disparam no mercado e vai pros ares a capacidade de olhar o todo. É para o futuro que estamos indo e só uma consultoria assim sabe apontar qual o melhor caminho a ser seguido.

4) Atitude

Não foi aleatoriamente que deixei esse tópico por último. Tudo o que foi dito anteriormente existe porque os consultores da Peers têm como premissa a virtude da atitude. É a atitude que move a busca ao aperfeiçoamento do trabalho diário, que não se conforma com o nível mediano das coisas, que sempre busca conhecimento e que não aquieta a mente viciando-a em uma zona de conforto. Isso faz toda a diferença! Infelizmente, consultores sem brilho, percorrendo os mesmos caminhos estratégicos já tão pisados pelos outros, é o que mais se vê por aí. E o resultado disso são clientes insatisfeitos com o trabalho de consultoria e com a confiança abalada por esse tipo de serviço, o que atinge em cheio na hora de assinar um contrato. O maior patrimônio conquistado ao longo dos cinco anos de existência da Peers foi a credibilidade; e a atitude parceira, focada e de alta performance dos consultores é que tem trilhado essa trajetória de sucesso.

A melhor forma de selar tudo o que foi colocado aqui é citando uma das famosas frases do autor e consultor americano Peter Block: “A consultoria em sua melhor forma é um ato de amor: o desejo de ser genuinamente útil aos outros. Usar o que sabemos, ou sentimos, ou sofremos no caminho para diminuir a carga dos outros”.

*Sediada em São Paulo e com atuação em todo país, a Peers desenvolve ou já desenvolveu projetos para empresas como Advent International, Carlyle, BTG, Boticário, Movida, Axa, TCP, Kroton, Quero-Quero, Allied, Scalina, Ferrero, Aon, Grupo Cataratas e Instituto Sonho Grande entre outras.