Orçamento Base Zero: O caminho para atingir os resultados

Peers Consulting

21

AUG
peers-obz-1

Por Rangel Turatti, Consultor da Peers Consulting

As características de cada negócio e as particularidades de cada mercado trazem um novo desafio a cada ciclo orçamentário. O momento econômico atual do país é permeado por incertezas e faz do planejamento de receitas e despesas um pilar fundamental para os gestores se prepararem para os diferentes cenários. O OBZ traz transparência para os resultados.

Ele é uma ferramenta essencial para alinhar o planejamento e controle financeiro à estratégia da empresa, independente do cenário.

O que torna o OBZ especial não é a metodologia de criar o orçamento. É a mudança de mentalidade de quem planeja/executa o orçamento. Ele não compara os gastos com o passado, mas sim, aponta as necessidades para atingir os resultados futuros com eficiência e relação de causa e efeito com as objetivos de receita.

O OBZ é uma ferramenta para alavancar o valor da empresa, pois todas as linhas de receita/despesa passam por análise. A partir do momento que são definidas as diretrizes (aonde a empresa quer chegar) toda a sua estrutura de pessoas, custos, despesas e investimentos, estarão voltados para este objetivo; qualquer alteração ou desvio é rastreável.

A aplicação do OBZ melhora a governança corporativa, chamando a atenção dos gestores para a duplicidade de esforços entre os diversos departamentos, oferecendo informações detalhadas sobre risco e retorno, estabelecendo controles mais rigorosos de despesas e identificando oportunidades ainda não exploradas. A documentação gerada para formação do orçamento garante transparência e exposição às oportunidades.

O método visa reduzir gastos corporativos tanto em empresas com dificuldades como em empresas saudáveis financeiramente, mas que desejam melhorar a performance dos seus indicadores de resultado.

Entre as principais características/benefícios é importante destacar:

• Orientação do orçamento para resultado (EBTIDA);
• Reduções sobre as Despesas Administrativas (SG&A);
• Eliminação das atividades com baixa prioridade frente a atual estratégia da empresa;
• Construção de orçamento participativo e integrado à estratégia;
• Ajuda executivos na tomada de decisão (escolhas);
• Estímulo a identificação e disseminação de melhores práticas (Benchmarks internos);
• Conhecimento profundo dos geradores de custos, despesas e receita e seus respectivos gestores;
• Relação das alavancas de incremento de resultado x plano de execução x responsáveis;
• Possibilidade de realizar gestão em nível de ações (incremento de receita ou redução de custos e despesas), implantação e captura dos resultados propostos ao longo do exercício;
• Visibilidade aos “estouros” de gastos e dinâmica de identificação de ações compensatórias;
• O método é aplicável a qualquer tipo de empresa / indústria (ex: varejo, serviço, bancos, tecnologia, entre outras).

Considerado um método voltado para eficiência, os primeiros resultados do Orçamento Base Zero tornam-se visíveis rapidamente. Entre eles estão uma maior clareza nos processos internos e aumento do senso de responsabilidade, já que o OBZ proporciona uma iniciativa ampla e a divisão da responsabilidade na tomada de decisões.