Supply chain: como abordar a prevenção de perdas e capturar valor nos negócios

Por 11 de junho de 2019Varejo

Por Pedro Ribeiro, Sócio-Diretor da Peers Consulting*

Supply chain é um tema complexo e de extrema relevância para a eficiência de uma série de modelos de negócios. Ter o conhecimento desta importante cadeia de valor viabiliza a identificação e o entendimento de um problema tão comum na maioria das empresas – a perda de insumo e produto acabado.

Dentre esses modelos de negócios, destacam-se as indústrias, nas quais as etapas de supply chain acompanham desde o planejamento até todas as fases de manufatura e logística de distribuição, além de grandes varejistas e suas cadeias de abastecimento e estratégias de multicanalidade.

É a partir do entendimento da cadeia de valor que se consegue traçar uma estratégia e definir uma abordagem capaz de tratar o tema com a devida abrangência e profundidade exigidas. No presente artigo, explicaremos a trajetória desse processo.

 

A identificação do problema

O passo a passo em supply chain é muito singular para cada tipo de organização. Contudo, o cerne da questão é identificar a causa-raiz relacionada à perda desse processo.

Podemos exemplificar perdas em três contextos segmentados: varejistas de moda, eletroeletrônicos e alimentício.

Nos varejistas do setor de moda, essas perdas podem ocorrer nas trocas de coleções e lançamentos, previsão de demandas, manipulação de produtos sensíveis, armazenagem inadequada, transferência entre lojas, entre outras situações.

Em varejo de eletroeletrônicos, podemos citar a armazenagem inadequada, a descontinuidade do produto, roubo de carga, etc. Já no setor alimentício, os problemas mais usuais nesse aspecto são prazo de qualidade, condicionamento e temperatura inadequados, entre outros.

“Geralmente as empresas, quando começam a apurar números é que percebem altas perdas no período, justamente quando o assunto chama atenção e ganha relevância”, salienta Pedro Ribeiro, sócio-diretor da Peers Consulting.

 

Mas, como reduzir perdas, efetivamente?

Não há uma fórmula mágica, mas sim um caminho mais sensato para esse objetivo. Uma boa alternativa de prevenção dessas perdas é por meio de um projeto estruturado, que pode ser desenvolvido com o apoio de uma consultoria com experiência em supply chain, sobretudo no tema de prevenção a perdas (loss prevention).

O primeiro passo de um projeto dessa natureza é o mapeamento da cadeia de valor, para identificar vulnerabilidades e mensurá-las, por avaliações qualitativas e quantitativas.

Uma vez materializados os principais ofensores, o objetivo é definir ações efetivas e contramedidas para que as soluções possam ser organizadas e implantadas conforme priorização e plano desse projeto.

 

Como capturar e perenizar o valor desse projeto?

Um dos grandes desafios no tema de prevenção de perdas é a predisposição da empresa em passar por uma autoavaliação, com discernimento e senso crítico sobre qual estágio de maturidade se encontra.

O próximo passo necessário é ter informações disponíveis e confiáveis, para que se viabilize um diagnóstico assertivo das ações e sua tempestividade ao longo da cadeia de valor.

Por fim, há de se ter uma governança interna direcionada para tal tarefa, com profissionais com foco no projeto e que possam executar uma agenda específica de prevenção a perdas.

De fato, projetos que vão desde o diagnóstico à implantação das ações são complexos por sua multidisciplinaridade e por promover discussão de processos com conflitos de interesses e expor zonas de conforto. Uma consultoria com experiência nesse segmento pode ajudar nessa missão.

 

Metodologia aceleradora de processos

Uma consultoria com experiência em supply chain possui metodologias e aceleradores específicos para esse assunto. Além disso, é uma entidade isenta, externa, com um time dedicado ao projeto.

Com isonomia, esses consultores terão um olhar especialista e profundo know-how para que a empresa, que geralmente está focada no dia-a-dia, tenha um suporte à altura desse desafio.

A Peers Consulting tem expertise em projetos de supply chain, com cases de sucesso em empresas de médio e grande porte, auxiliando-as nas vertentes estratégica, tática e operacional, com foco em gestão, processos e ferramentas.

Fundada em 2012, por sócios com mais de 15 anos de experiência em consultoria de negócios, a Peers sempre buscou um posicionamento diferenciado, evoluindo o conceito do que acredita ser o trabalho de uma consultoria.

A empresa nasceu com o propósito de ajudar os clientes a obter resultados duradouros, executando projetos transformadores, de forma prática, simples e em conjunto com os clientes. O jeito hands on da Peers de realizar consultoria é percebido no envolvimento do time em todos os projetos que realiza.

O método envolve o entendimento da realidade do cliente com observações in loco, passando pela busca de soluções pragmáticas e adequadas à necessidade do cliente, assim como o envolvimento direto no processo de implantação.

Deixe seu comentário